• Fabio Ritter

400 jogos, só para os goleiros


Em um futebol no qual 6 meses significa o vínculo médio de um atleta com uma agremiação, ficar cerca de 20 anos no mesmo clube é uma raridade. É assim com o ídolo palmeirense Marcos. O goleiro, que completou 400 jogos com a camiseta alvi-verde, ontem, é um espelho de uma lealdade quase inexistente hoje em dia.

Além de uma liderança invejável, o goleiro tem muito presença de gol, sabe pegar pênaltis, boa colocação e, para mim sua maior virtude, tem muita estrela. Sempre defende na hora que seu time precisa. Essa aliás, pode ser apontada como uma das principais virtudes de um goleiro. Pois de nada adianta possuir muita técnica, se não surpreender quando se precisa. Um goleiro diferenciado é aquele que defende as bolas impossíveis. É o que os companheiros confiam que eles podem errar e ele salvar. E Marcos é um grande exemplo disso.

0 visualização0 comentário