top of page
  • Foto do escritorFabio Ritter

Brazucas brilhando na Europa

O final da temporada europeia se aproxima e dois goleiros brasileiros, em especial, tem muito a comemorar. Diego Alves, goleiro do Almería, da Espanha, e Gomes, do Tottenham, tem realizado uma excelente temporada e brigam por um lugar na Copa do Mundo.

Diego Alves, apesar de jogar em uma equipe mais modesta, está mantendo seu time na 12ª posição. Além disso, a cada rodada que passa tem sido cada vez mais espetacular. Um goleiro tranquilo, com muita velocidade de reação que não somente encantou sua torcida, como também despertou o interesse de clubes grandes, como Barça e Real.



A saída do Almería para clubes grandes como os citados acima poderia ser um sonho para o goleiro. No entanto, tal transferência poderia comprometer sua carreira, já que provavelmente teria que amargar a reserva por muitos anos. Vide o caso do grande Diego Cavalieri, no Liverpool. Um grande goleiro, mas que tem poucas chances de jogar durante o ano. Uma temporada em uma equipe mediana talvez seja a melhor opção para Diego Alves.

Já Gomes, que joga no tradicional Tottenham Hotspur, de Londres, parece levar seu time mais longe ainda. O time que apenas disputou duas copa europeias (atual UEFA Champions League) pode alcançar sua terceira participação em 2011. Graças a excelente performance na atual temporada e o atual quarto posto na tabela de classificação, Gomes pode entrar junto com seus companheiros para a história do clube. Nos últimos dois clássicos, diante de Arsenal e Chelsea, Gomes fechou o gol, e garantiu duas vitórias importantíssimas para seu clube.


Apesar de ambos lutarem para um lugar na Copa, Gomes leva vantagem nesse quesito, já que vem sendo chamado constantemente por Dunga. Diego, que já teve algumas chances no passado, não deve ser lembrado pelo treinador brasileiro. Isso é mais uma prova de que o país do futebol vai virando cada vez mais um país recheado de grandes goleiros. Cabe a nós, transformá-lo, também, no país dos goleiros.

0 visualização0 comentário

Commenti


bottom of page