• Fabio Ritter

Confiança é o segredo


Apesar da classificação de sua equipe, a partida foi muito suada, só vencida na prorrogação. Quando sua equipe já vencia por 1 a 0, Lloris deu a prova do que é ser confiante. Ele havia executado uma saída do gol logo no início do segundo tempo da prorrogação mas acabou se passando da bola e não alcançou. No entanto, isso não abalou a confiança do goleiro.

A prova disso foi as três jogadas seguintes de jogo aéreo. Em duas delas, o cruzamento chegou depois de um balão da defesa. Apesar da bola cair no limite da grande área o goleiro foi lá e na primeira vez socou firme a bola e na segunda agarrou firme. Por fim, uma jogada de lateral que acabou com uma cabeçada para o interior da área fez o goleiro sair até a linha da pequena área e agarrar firme a bola.

Vale lembrar que tudo isso ocorreu na prorrogação, em uma partida decisiva para classificar ou não a França à Copa e que se seu time sofresse um gol estaria fora. Prova de fogo que Lloris passou com nota A.

0 visualização0 comentário