• Fabio Ritter

De novo seu Fábio Costa


Fábio Costa voltou a falhar. Desta feita, no clássico diante do São Paulo, ontem pelo Paulistão. Nos dois primeiros gols sofridos, na derrota por a 3 a 2, Fábio teve sua parcela de culpa.

No primeiro gol do São Paulo, o goleiro ficou travado e não saiu no cruzamento de Jorge Wágner. Todos nós sabemos o veneno que é cada cobrança de J. Wágner, porém desta vez a bola foi praticamente no meio da pequena área. Era apenas dar um passo a frente e pular para pegar a bola. O goleiro, devido ao grande número de atletas da área, ficou travado.

No segundo gol do São Paulo, a cobrança de falta de Juninho desviou na barreira e acabou atrapalhando o goleiro. No entanto, visto por trás do gol, o desvio não alterou muito a trajetória da bola, ou seja, era uma cobrança bem defensável. Quando a bola chegou no gol, Fábio já estava deitado e não teve braço para defender a cobrança.

Tudo isso só reflete o que falo há tempo: Fábio Costa trata-se de um goleiro experiente, importante para um grupo, mas que peca por sua irregularidade.

0 visualização0 comentário