• Fabio Ritter

Depois não adianta reclamar


Sempre acredito muito em uma das qualidades principais do ser humano, a coerência. De nada adianta eu pregar algum ideal se agir completamente contra ele momentos mais tarde.

No futebol isso também se aplica. O multi-campeão goleiro são-paulino Rogério Ceni reclamou com veemência do recurso da paradinha usado pelo atacante santista Neymar, em uma cobrança de pênalti em clássico válido pelo Paulistão deste ano.

Na partida de ontem entre São Paulo e Botafogo, de Ribeirão Preto, Ceni usou novamente do recurso da paradinha. Desta vez, não teve êxito e desperdiçou a cobrança. O goleiro Weverton foi muito bem no lance, mostrando muita agilidade ao cair para um lado, voltar e defender no outro.

Ceni não foi coerente, pois usou da mesma arma que ele achou um abuso ao ser usada por outrem. Os admiradores deste grande vencedor esperam que ele se reabilite não apenas marcando novos gols de pênaltis, como também esquecendo de reclamar das paradinhas, pois elas também já foram cartas na sua manga.

0 visualização0 comentário
logo_bola.png