• Fabio Ritter

Faltou tração

Este post foi uma interessante dica do blogoleiro Bruno Pini. No segundo gol do Corinthians, na partida de ontem diante do Flamengo, Bruno me alertou para um fato importante. Repare no replay, na câmera colocada nas redes do gol de Paulo Victor, como o goleiro escorrega na hora de mergulhar para a defesa.


O chute de Douglas não pareceu ser muito para o canto, apesar de forte. No entanto, o que de fato fez com que a bola entrasse foi o péssimo gramado do Estádio Engenhão. Paulo Victor não teve tração, resvalou e assim não conseguiu angular o suficiente para espalmar a bola. Veja que o pé do goleiro afunda na areia no centro da pequena área.

Poucos realmente devem ter reparado neste fato. Alguns, inclusive, garanto que até já criticaram o goleiro. Mas o fato é que faltou tração para seu pé direito, pego no contrapé.

Isto serve de dica para os goleiros também na hora de escolher a chuteira correta. Muitas vezes não damos bola para isso. No entanto, um gramado fofo ou molhado pode fazer com que o goleiro resvale também e leve gols assim. Nestes casos, a chuteira de trava alta (geralmente 6 pinos) são as mais indicadas.

Fique sempre atento a escolha correta do material para não ser pego de surpresa por uma areia disfarçada ou uma poça d’água.

0 visualização0 comentário