top of page
  • Foto do escritorFabio Ritter

Felipe foi muito seguro


Quando fui perguntado sobre a possibilidade de Felipe integrar a Seleção Brasileira fui enfático ao dizer que ainda não era o momento dele por haver outros goleiros na sua frente. Felipe ainda não mostrava a regularidade necessária para um goleiro de seleção.

Mas também é verdade que nesta Copa do Brasil o goleiro foi muito seguro e contribuiu em muito para o título de seu Corinthians. Na partida de ida fez boas intervenções salvando um gol certo em uma jogada 1 vs 1 contra Taison.

Na partida de ontem, Felipe salvou dois chutes de Nilmar no primeiro tempo e no segundo tempo fez uma defesa incrível (vai para a próxima defesa da semana) em uma cabeçada no pé direito da trave.

Depois do jogo Felipe confessou um fato interessante. Para aqueles que também já me perguntaram aqui como se comportar em uma partida decisiva em se tratando de equilíbrio psicológico e nervosismo, Felipe, goleiro profissional de Série A, disse que passou o dia chorando de nervosismo. Ou seja, isso é um fato comum mesmo para os profissionais.

Não adianta, no fim todos são de carne e osso e principalmente de coração. Todos sentem o peso de uma decisão. Cabe ao goleiro tentar se controlar ao máximo para na hora do jogo deixar isso de lado. Felipe parace ter conseguido, pois, com a exceção de seus tiros de meta, fez uma boa partida sem comprometer sua equipe. Parabéns ao goleiro corintiano.


1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page