• Fabio Ritter

Júlio César busca novos ares


Desde 2005 no futebol italiano, o goleiro da seleção brasileira Júlio César deixou a Internazionale de Milão e acertou sua ida para o Queens Park Rangers, da Inglaterra, conforme informou a Band.

Depois de uma temporada, em 2010, em que quase tudo seria perfeito, JC viu seu mundo desmoronar após uma trombada com Felipe Mello que resultou no gol da Holanda, na derrota por 2 a 1 que eliminou o Brasil da Copa do Mundo. Ainda naquele ano, JC ganharia o Mundial Interclubes que o aliviaria.

Depois da conquista da Uefa Champions League de 09/10, sua Internazionale não conseguiu repetir as atuações e Júlio diminui de rendimento assim como toda a sua equipe. Com a chegada de Mano Menezes ao comando da Seleção Brasileira, as convocações pararam de ser frequente e o goleiro caiu no esquecimento do treinador.

Para reverter esse cenário, Júlio resolveu mudar de ares e de país. A ida a Inglaterra, país de fracos goleiros, pode significar uma nova guinada na carreira do atleta. O campeonato mais caro e estrelado do mundo, pode levá-lo novamente a um destaque no cenário internacional. O único problema é o clube que, apesar de ter sido comprado por mais um mega milionário, carece de craques e de representatividade no cenário internacional.

Nossa torcida é para que Júlio retome as grandes atuações que o levaram a ser o melhor goleiro do Brasil desde a saída de Dida da Seleção em 2006. Afinal de contas, perto de completar 33 anos, Júlio ainda tem muito gás a dar a nossa seleção e ao futebol.

0 visualização0 comentário