• Fabio Ritter

Luva do Júlio César no Brasil


O Guarda-Metas.com, em primeira mão, teve acesso a este modelo e pode afirmar que trata-se de uma excelente luva. A maior inovação, conforme tinha comentado no lançamento europeu, é a parte de látex rugado na palma, na região onde se costuma apoiar a mão no chão. Como esta parte da luva se desgasta com maior facilidade, a Reusch aplicou ali um material mais resistente, ação pioneira no mercado.

Os dedos são em corte flat, porém com prolongação do látex na parte superior, unindo-se ao dorso. Este também composto por látex e tecido mesh para facilitar a respiração. A única crítica vai para a munhequeira elástica que me pareceu um pouco pequena e com um elástico um pouco frouxo. Para o meu gosto, ela deveria ser mais comprida e com um elástica mais apertado. Fora isso, excelente e inovador modelo.

0 visualização0 comentário