• Fabio Ritter

Mais um Brasileirão se vai…


E muitas considerações se fazem a respeito dos arqueiros dos vinte clubes envolvidos na competição. Confira seu time, ou seu goleiro preferido, na lista abaixo.

América-RN – Pobre América. Só levou sapatada o campeonato inteiro. Começou com o já rodado Gléguer e terminou com o novato Sérvulo. Falar o que dos goleiros, de um time que levou oitenta gols no campeonato.

Atlético-MG – Depois da saída do bom Diego, apostou em Juninho, revelado pelo Vitória. Bom goleiro deu equilíbrio ao time.

Atlético-PR – Depois de vender o jovem Guilherme, apostou no colombiano Viafara. Não foi uma boa escola. Mostrou a tradicional insegurança dos goleiros colombianos e prejudicou o time com constantes falhas.

Botafogo – Talvez o pior caso dentre os times aqui analisados. Nada mais que cinco goleiros passaram pelo gol do time e nenhum se firmou. Foram muitas falhas, que acabaram prejudicando o time. Tanto Max, como Lopes, Júlio César, Roger e Marcos tiveram suas chances, mas nenhum soube aproveitar. Tem de começar do zero para 2008.

Corinthians – Apesar do rebaixamento mostrou ao Brasil o goleiro revelação do ano: Felipe. Extremamente arrojado, o jovem goleiro foi apontado por todos como a revelação do campeonato e promete entrar para a história do clube (se assim o quiserem).

Cruzeiro – Depois dos problemas enfrentados na final do estadual, Fábio conseguiu dar a volta por cima e levar seu time à Libertadores. Precisará ir muito bem ainda para provar o rótulo de promessa dado a ele alguns anos atrás.

Figueirense – A colocação do time no campeonato mais ou menos reflete as atuações do goleiro Wilson. Nada além de intermediário.

Flamengo – Quase perdeu Bruno no meio da competição, mais conseguiu mantê-lo e o goleiro mais uma vez fez um grande campeonato. Já é uma realidade entre os grandes da posição.

Fluminense – Fernando Henrique ainda não transpira confiança tanto à torcida quanto ao time. As constantes falhas em chutes de longa distância o prejudicaram. Mesmo assim teve partidas boas. Precisa de maior regularidade.

Goiás – O veterano baixinho Harley é a liderança da equipe que quase tropeçou e caiu. A experiência o conduz bem na meta de sua equipe.

Grêmio – Uma das melhores contratações para este ano, em se tratando dos clubes que adquiriram goleiros de fora do clube. Excelente reposição de bola e saída de gol. As pequenas falhas de forma alguma mancharam sua excelente atuação no certame.

Internacional – Parece ter sido o último ano de titularidade de Clemer, que revezou em algumas ocasiões com o jovem Renan. Para 2008, Abel parece investir na jovem promessa colorada. Tem muita técnica e em breve será uma das lideranças do clube, se tudo der certo.

Juventude – Outro rebaixado que mostrou ao Brasil um excelente goleiro. Michel Alves foi o pouco de bom da equipe na temporada. Goleiro veloz, arrojado, falhou muito pouco e salvou o time de vexames maiores.

Náutico – Alternou entre Eduardo e Fabiano, ambos muito irregulares. Não transpiram segurança. Apostaria em novos nomes para o clube.

Palmeiras – Aqui o melhor goleiro da competição. Diego Cavalieri em toda partida que disputou fez diversas defesas difíceis. Um goleiro extremamente seguro e realizador de defesas impossíveis. Quando se achava que era gol, surgia mais um milagre. Muito seguro.

Paraná – O experiente Flávio desapareceu na hora do desespero da equipe paranaense. O jovem Gabriel não foi bem e com o momento do time acabou afundando.

Santos – Apesar de ter sido barrado, Fábio Costa ainda representa muito para a equipe de Luxemburgo. Não gosto muito de seu estilo de jogo, pois acredito que lhe falte técnica.

São Paulo – Rogério Ceni dispensa apresentações. Só não o escolhi o melhor da competição, pois seu time era o melhor de todos. Assim fica fácil defender.

Sport – Uma grata surpresa constatou-se em Magrão. Goleiro já rodado foi marcado pelo gol 1000 de Romário, mas saiu-se muito bem em diversas partidas do clube.

Vasco – Sílvio Luiz não conseguiu se manter em uma equipe grande, novamente. Depois de explodir no São Caetano, não aproveitou as chances no Corinthians e no clube carioca. Cássio é muito irregular. O clube precisa pensar em novos nomes.

0 visualização0 comentário