• Fabio Ritter

Mais um brazuca rumo à Europa


A escola de goleiros brasileiros parece realmente ter vingado nos grandes centros da Europa. Depois de Taffarel, Júlio César, Dida e Doni brilharem na Itália, agora é a vez do novato Neto, do Atlético Paranaense tentar a sorte na Fiorentina.

O goleiro da seleção olímpica brasileira, que teve um excelente Campeonato Brasileiro em 2010, migra à bota para jogar na Fiorentina. Neto, no entanto, deve enfrentar a concorrência o já veterano Sebastian Frey, que há mais de 5 anos é o camisa 1 da equipe.

Dessa forma, Neto corre um grande risco de ficar amargando o banco de reservas da mesma forma que Diego Cavalieri, no Liverpool. Sinceramente, achei um pouco precipitada essa transferência, já que o cenário nacional hoje está em evidência. Seria muito mais fácil para Neto se destacar aqui no Atlético Paranense para continuar na seleção olímpica do que sendo banco de reservas na Fiorentina.

No entanto, a ânsia pelos euros no bolso o quanto antes acaba levando os jogadores a essas transferências apressadas. Um bom planejamento de carreira é uma das importantes tarefas, muitas vezes esquecida pela maioria dos limitados agentes de futebol.

0 visualização0 comentário