• Fabio Ritter

Não conte com seu zagueiro

Experiência própria vale sempre como justificativa para um argumento. Sábado passado fui vítima daquele zagueiro muy amigo que me recuou uma bola muito curta. O atacante adversário roubou, me driblou e fez o gol. Quando não é isso, eles mandam uma tijolada pro goleiro se virar. Ou seja, em qualquer lugar do mundo, não conte com seu zagueiro.

Sempre imagine que ele vai errar e assim esteja alerta para uma furada, um chute contra gol ou alguma outra lambança do companheiro. Resolvi colocar o vídeo abaixo da Major League Soccer, pois o goleiro Pat Onstad, do Houston Dynamo mostrou muito bem como agir nestas situações.

Por duas vezes seguida, o goleiro foi traído pelo zagueiro. No entanto, mostrou excelente velocidade de reação e recuperação. Tais técnicas seguidamente comento aqui que devem ser trabalhadas nos treinamentos, com a colocação de cones para desvio de bola, por exemplo.

Na primeira jogada, o goleiro acompanha o cruzamento se deslocando para o centro da área, quando é surpreendido pelo chute contra do zagueiro. Onstad usa bem o pé para salvar o gol.


Na segunda vez, o goleiro é surpreendido pela cabeçada do zagueiro. Consegue voltar e por duas vezes salvar a bola em cima da linha. Grande recuperação do goleiro em ambas jogadas.

Esteja alerta não só para essas armadilhas proporcionadas pelos teus zagueiros, como também as armadilhas do gramado, como os morrinho artilheiros.

0 visualização0 comentário