• Fabio Ritter

O adeus de uma legenda

O dia de hoje marcou não apenas a vitória do Barcelona diante do Manchester United e a consequente conquista do time catalão da UEFA Champions League. Foi também um dia para se despedir de uma das maiores legendas da posição de goleiro nos últimos anos, o holandês Edwin Van der Sar.

O goleiro do Manchester United chegou ao fim de uma gloriosa carreira em uma partida pra lá de difícil. Teve de enfrentar os perigosíssimos jogadores do Barcelona, que contavam com ninguém menos que Messi, o melhor do mundo.

Van der Sar até que mostrou ainda estar com os reflexos em dia apesar de estar próximo dos 41 anos. É verdade que no segundo gol esteve um pouco mal posicionado. Repare que o a bola acaba entrando quase que no meio do gol. Mas vá lá. Van der Sar não merece ficar essa lembrança como a última de sua carreira.

Certamente o mundo sentirá falta de um dos goleiros que revolucionou o futebol com uma das melhores saídas de bola com os pés do mundo. Van der Sar presenciou a transição da regra do recuo do goleiro e se transformou em um modelo de como jogar com os pés. Em todas as equipes que jogou atuou como um líbero começando as jogadas de ataque sem dar chutão para frente.

Também debaixo dos postes soube usar seus 1,97 m para mostrar que goleiros gigantes também podem triunfar no futebol moderno, explorando sua envergadura com boa elasticidade e impulsão.

Sem dúvida nenhuma um grande goleiro, que deixa o futebol para entrar para a história.


0 visualização0 comentário