• Fabio Ritter

O que acontece com esse país aqui?


Além da escassez de bons profissionais na área, os métodos aqui utilizados também são questionáveis. Pelo que pude acompanhar de perto, são treinamentos antiquados e com falta de um acompanhamento mais de perto do desenvolvimento da técnica correta.

A consequência desse subdesenvolvimento de um país desenvolvido vem se refletindo na performance dos goleiros ingleses há um bom tempo.O portal da SKY publicou uma relação dos erros fatais dos goleiros na história recente. Paul Robinson, em 2006, contra a Cróacia nas eliminatórias para a Euro 2008, David Seaman, na Copa de 2002 no gol de Ronaldinho, Scott Carson, também contra a Croácia nas eliminatórias da Euro 2008, David James, contra a Áustria, nas eliminatórias da Copa em 2004 e mais uma série de outros tantos.




Green errou no movimento da encaixada (entrada) rasteira. Repare que ao invés de posicionar a palma da mão voltada para o corpo, para juntamente com os braços e o peito envolver a bola como uma concha, ele posiciona a palma da mão para a frente. Assim, ele perde toda a base do corpo para lhe ajudar e a bola acaba desviando para trás.

A seção fundamentos do Guarda-Metas.com explica como esse movimento deve ser feito. Apesar da explicação ser para a entrada a meia altura, ela também se aplica para a entrada rasteira.

A notícia de consolação ao menos ficou com a boa atuação do goleiro na segunda etapa, mostrando que ele conseguiu se equilibrar emocionalmente. Isso é muito importante para a sua sequência na competição. Green é um bom goleiro e tecnicamente é melhor do que James. Mesmo assim, não está imune ao comentado subdesenvolvimento da posição de goleiro aqui na Inglaterra.

0 visualização0 comentário