• Fabio Ritter

Porque ele é ídolo

Não tenho dúvida de que o goleiro mais admirado e seguido no futebol brasileiro é o são-paulino Rogério Ceni. Não tenho dúvida também que ele é o maior ídolo na posição no país, mesmo nunca tendo se firmado como número 1 da seleção brasileira. Ontem, em Fortaleza, Rogério mostrou uma das suas facetas que justificam ser o maior goleiro da história do São Paulo FC.

Antes de entrar em campo, o goleiro levou a campo carregado nas costas o torcedor tricolor Carlos Roney, de 13 anos, que teve de amputar as pernas ainda quando tinha 1 ano. Apesar disso, Carlos segue com o sonho de ser goleiro e treina forte para se destacar na posição. Ontem, Ceni deu alguns chutes em Carlos justamente para treinar o goleiro e alimentar ainda mais o sonho do garoto. Que exemplo, de ambos!


0 visualização0 comentário