• Fabio Ritter

Raio X de pênaltis – 10


A final do Campeonato Carioca que consagrou o goleiro Bruno, do Flamengo, foi mais uma oportunidade para verificar a tendência dos batedores em cobranças de penalidades máximas. Reafirmando a tendência de batidas cruzadas, as cobranças de destros foram em 50% dos casos no lado esquerdo. 33% das cobranças foram chapadas, no lado direito, e o restante, 17%, no meio. Já os canhotos, com apenas duas cobranças, apresentaram 1 chute em cada lado. O goleiro Bruno, que defendeu duas cobranças, acertou o canto justamente em uma cobrança cruzada e em outra que foi no meio. Esta, apesar dele cair para seu lado direito, ainda conseguiu defender com os pés. Confira o resumo abaixo:


Durante a semana, foi a vez da Copa do Brasil nos dar mais uma oportunidade de conferir o desempenho dos batedores de pênaltis. Na partida entre Alético Mineiro e Vitória, válida pela Copa do Brasil, a equipe baiana venceu por 5 a 4. Novamente, as maior parte dos chutes foram cruzados. 57% das cobranças de destros foram cruzadas, enquanto que para os canhotos o percentual foi de 67%. Veja abaixo os gráficos.



0 visualização0 comentário