top of page
  • Foto do escritorFabio Ritter

Reflexo, recuperação e improviso

Literalmente assim nessa ordem foi o que o goleiro belga Logan Bailly, do time alemão Borussia Mönchengladbach, praticou na defesa que traz o vídeo abaixo, na partida diante do Bayer Leverkusen, pela última rodada do campeonato alemão.

Repare no vídeo que após defender a cabeçada à queima roupa, o goleiro consegue se recuperar para o lance com agilidade e aí improvisa mesmo estando sentado com um tapa para tirar a oportunidade do atacante concluir.

Como sempre falo, o nosso papel é não deixar a bola entrar. Muitas vezes isso vem de impulsos, improvisos como esse tapa de Bailly na partida do Alemão.


0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page