top of page
  • Foto do escritorFabio Ritter

Um dia após o outro

A velha máxima vale muito para a posição de goleiro. Errar faz parte da carreira, mas saber passar por cima é a qualidade que difere jogadores de elite de medianos. Um dos goleiros brasileiros, com sucesso na Europa, é Artur Moraes, ex-Cruzeiro. Arqueiro titular do Benfica por várias temporadas, ele provou do veneno de uma tarde desastrosa há uma semana atrás na partida diante do Valencia, válida pela Emirates Cup, torneio de pré-temporada organizado pelo Arsenal, da Inglaterra.


Passado exatamente uma semana, o goleiro se redimiu em grande estilo. Na partida da Super Taça de Portugal, que envolve o vencedor da Liga contra o da Copa, Artur parou três pênaltis e deu o título ao seu time.


Depois dos erros em uma partida amistosa, o goleiro conseguiu se reerguer, concentrar e ajudar sua equipe em uma partida oficial. Força psicológica, um dos principais atributos de um goleiro de ponta.

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page