• Fabio Ritter

Velocidade na reposição

O goleiro brasileiro Rafael, do Hellas Verona, da terceira divisão da Itália, protagonizou um lance inusitado, na vitória de seu time diante do Ternana.

O goleiro, ao defender o cruzamento de escanteio, saiu correndo com a bola nas mãos, foi para fora da área e fez o lançamento para seu companheiro que estava livre no campo adversário. Na sequência da jogada, o Verona marcou.

Parecia aqueles lances de futebol society quando o goleiro, já injuriado com seu time, tenta resolver por sua própria conta. No entanto, isso bem que poderia ter dado bem errado. Caso o goleiro perdesse a bola naquela dividida (ver vídeo abaixo) e sofresse o gol, que seria o de empate, a torcida e seus companheiros não perdoariam.

Portanto, o mais correto seria ter reposto ou com a mão ou com quebrada. Se a bola chegasse no seu companheiro provavelmente teria o mesmo desfecho.


0 visualização0 comentário