• Fabio Ritter

A importância do jogo com os pés – continuação

Já havia feito aqui um post comentando sobre o quão importante é para um goleiro saber jogar com os pés e distribuir bem a bola para os seus companheiros. Comentei também que esta é uma das técnicas cada vez mais presentes nos treinos modernos desenvolvidos para os goleiros. Na Europa, a importância dessa técnica é alta, principalmente pelos esquemas táticos considerarem o goleiro mais um atleta da defesa.

Por isso, treine bem os pés. Coloque em cada treinamento ao menos um trabalho que exija do goleiro trabalhar a acuracidade dos chutes, desenvolver bem o passe e a reposição com os pés. Em meus treinos, sempre ao final deles, dedico 5 minutos para praticar minha quebrada, o que ajuda muito na hora da fixação da técnica com os pés e consequentemente na partida.

Ontem, pela MLS, mais uma vez, um erro na saída de bola com os pés foi fatal para o goleiro Will Hesmer, do Columbus Crew, que acabou errando o chute de dando de presente ao atacante adversário para mandar as redes e desempatar a partida. Erro grotesco com influência direta no placar, pois foi o desempate em 2 a 1 na partida que acabou 4 a 1 para seu oponente. Veja no vídeo abaixo:


0 visualização0 comentário
logo_bola.png