• Fabio Ritter

Confiança é tudo


No futebol, assim como em qualquer outra área da nossa vida, sempre necessita-se confiança. Seja do treinador, da torcida ou mesmo dos companheiros de time. O jogador precisa ter a certeza, ou quase, de que ele é o cara. De que tem condições de desempenhar a função para qual foi designado. No gol, a confiança é ainda mais importante, haja vista a impossibilidade da falha do goleiro.

Ontem, tivemos um exemplo do impacto que a confiança tem na performance de um goleiro. O nosso Júlio César, recentemente convocado para a seleção brasileira, fez uma partidassa pelo seu Queens Park Rangers. Ele parou o ataque todo poderoso do Manchester City e saiu invicto na partida que terminou 0 a 0. Coincidência? Não!

JC vinha de um início de temporada irregular. Alternou bons e maus momentos, chegando a inclusive ficar no banco. As grandes atuações do tempo de Internazionale pareciam ter ficado num passado distante.

Tudo mudou com um telefonema do técnico Luiz Felipe Scolari. Ao consultá-lo sobre uma eventual volta à seleção, Felipão deu a JC a confiança que estava sumida. De volta ao gol do Brasil, talvez em um dos seus mais instáveis momentos, Júlio começou a retomar o bom futebol.

Ainda é cedo para tornar esse momento como uma boa fase definitiva. Mas foi um baita jogo no melhor estilo JC. Confia os milagres abaixo:

http://www.foxsports.com.br/videos/16659011786-julio-cesar-fecha-o-gol-do-qpr-contra-o-manchester-city

0 visualização0 comentário
logo_bola.png