• Fabio Ritter

Do céu ao inferno


Saja, do Grêmio, entrou para a história ao ser o primeiro goleiro a marcar um gol em jogo oficial da equipe. Porém, na mesma partida em que converteu cobrança de pênalti diante do Figueirense, acabou sendo diretamente responsável pela reação do adversário.

Em um chute despretensioso da risca da grande área, Saja acabou deixando a bola passar por entre suas mãos. Foi o empate da equipe alvi-negra, que depois ainda viraria o jogo. Um erro básico que certamente uma firmeza, ou até mesmo uma abafada para baixo para posterior defesa, seria suficiente para evitar o gol.

0 visualização0 comentário