• Fabio Ritter

Erro de reposição

Já comentei algumas vezes aqui sobre a importância da atenção do goleiro no momento de reposição de bola. Apressar a saída de bola nem sempre é a melhor alternativa. Sem querer chover no molhado, mas já chovendo, a pressa nem sempre representa a perfeição no movimento.

Muitas vezes somos apressados pelos próprios companheiros que pedem a bola mesmo estando cercado de vários adversários. Assim, cabe ao goleiro olhar bem a posição de seus companheiros, respirar fundo (sim, isso ajuda) e executar o lançamento. Como isso tudo tem de ser feito dentro de 6 segundos, nunca será um movimento demorado. Por isso mesmo, que se aconselha a usar esse tempo, para fazer a melhor jogada possível e não a mais rápida.

Tentando fazer as coisas com pressa o goleiro do Deportivo La Coruña, Aranzubía, errou no lançamento com a mão, na partida diante do Valladolid, no último domingo pela Liga Espanhola. Assim, o adversário não só acabou com o contra-ataque, como pegou o goleiro adiantado e o encobriu marcando o segundo gol do jogo. Por isso, repito, respire e use os seis segundos que tu tens direito.


0 visualização0 comentário