• Fabio Ritter

Goleiros da História: Super Dino: Nascido para ganhar

* por Fábio Fernandes


Dino Zoff nasceu em Mariano Del Friuli, uma pequena comuna italiana situada a pouco mais de 100 Km de Veneza, no dia 28 de fevereiro de 1942. Começou a carreira na Udinese em 61, clube sediado na cidade de Udine próximo à sua terra natal. Duas temporadas depois foi transferido para o Mantova e em 67 foi contratado pelo Nápoli.

Em 72 foi jogar na Juventus, clube em que obteve suas maiores glórias. Pela “vecchia signora” foram seis Campeonatos Italianos, uma Copa da Uefa e duas Copas da Itália. Ficou onze anos no clube de Turim. Em 82 foi o capitão da seleção italiana que ergueu a taça de campeão do torneio.


Zoff em 82, Combi em 34 e Casillas em 2010, foram os únicos goleiros que ergueram a Taça de Campeão Mundial, como capitães de suas seleções. Com 1,82m de altura, saia muito bem do gol, cortava cruzamentos como ninguém, era arrojado, corajoso, louco não, era técnico, muito técnico. Completo, um dos maiores e mais competentes goleiros da história do futebol.

Muito discreto, Zoff atuou boa parte de sua carreira sem luvas (eram poucos que utilizavam tal acessório), e mesmo assim exalava segurança e força. Posteriormente, como grande nome do futebol, Zoff passou a usar luvas da marca Uhlsport, sendo inclusive patrocinado pela empresa alemã.

O consagrado modelo Super Dino da Uhlsport é uma homenagem da marca ao italiano. Dino era um goleiro nato. Tinha talento. Declarou em algumas entrevistas que “nasceu para ser goleiro”. Tinha razão, em parte. Não nasceu só para ser goleiro. Nasceu para ser um dos maiores goleiros da história do futebol italiano e mundial.


Zoff bateu vários recordes que obviamente foram batidos depois por outros goleiros, mas dois deles ainda vigoram e provavelmente ficarão eternamente em sua galeria:

– o de maior invencibilidade em jogos internacionais, 1143 minutos sem tomar gols.

– e o de maior número de jogos consecutivos disputados na Série A da Itália. 332 partidas.

Em 1983 aos 41 anos de idade, Dino Zoff encerrou sua carreira na Juventus como jogador, tornado-se treinador de goleiros. Cinco anos mais tarde Zoff assumiu o cargo de treinador na mesma equipe. Em seu curriculo possui quatro copas do mundo. Em 70 como reserva de Albertosi e as outras três, 74, 78 e 82 como titular.

7 visualizações0 comentário