• Fabio Ritter

Interceptação de Cruzamento

Uma das técnicas mais difíceis da posição de goleiro é a interceptação de cruzamento rasteiro e meia altura. Essa jogada ocorre quando o adversário chega a linha de fundo, ou muito próxima dela, e cruza na área pelo chão ou meia altura.

Ontem na partida entre Atlético Mineiro e Botafogo, válida pelas Oitavas de Final da Copa do Brasil, o Galo fez um gol exatamente neste tipo de jogada.


Repare no vídeo que a bola cruza por quase toda a pequena área de Jefferson, antes de chegar em Marcos Rocha, que manda para o gol. Jefferson estava cobrindo, primeiramente o primeiro poste, como se deve ser, para evitar um possível chute a gol.

No entanto, após o cruzamento, o goleiro resolveu aguardar o desfecho da jogada, sem atacar a bola. Dessa forma, a bola chegou até o segundo poste onde Marcos Rocha fez o gol. Analisando o lance novamente, podemos ver que a bola não estava tão fora do alcance do goleiro. Se tivesse optado por parar o cruzamento, talvez tivesse evitado o gol. Da mesma forma, também poderia ter dado rebote para a frente da área, pois o cruzamento foi forte.

Ou seja, esta jogada é muito difícil para o goleiro. Mais ou menos, aquele ditado “se correr o bicho pega, se ficar o bicho come”. Por isso, a importância de se treinar essa valência explorando o posicionamento, a explosão e a queda angulada neste tipo de jogada, seja queda rasteira ou a meia altura.

0 visualização0 comentário