• Fabio Ritter

Lá vinha esse Ochoa de novo


O goleiro mexicano que pegou tudo na partida válida pela Copa América, parecia que iria repetir a dose na partida amistosa de ontem, entre Brasil e México, em Boston.

No primeiro tempo fez duas grandes defesas após sair nos pés de Kaká abafando sua conclusão e depois defendendo, mesmo no chão, chute de Vagner Love. (http://video.globo.com/Videos/Player/Esportes/0,,GIM730267-7824-N-INCRIVE+VAGNER+LOVE+CHUTA+OCHOA+ESPALMA+E+A+DEFESA+MEXICANA+TIRA+O+PERIGO+AOS+DO,00.html)

Na segunda etapa, fez a defesa do jogo. Depois de um cruzamento fechado de Ronaldinho, Edu Dracena cabeceou no lado esquerdo do goleiro que estava totalmente enquadrado para a direita. Porém, parado, com apenas um tapa com a mão esquerda, Ochoa conseguiu fazer a defesa. (http://video.globo.com/Videos/Player/Esportes/0,,GIM730301-7824-N-ESPETACULAR+EDU+DRACENA+TESTA+FORTE+E+OCHOA+SALVA+O+MEXICO+AOS+DO+TEMPO,00.html)

No final, não conseguiu a reação brasileira com gols de Kaká e Afonso. Ochoa não falhou em nenhum deles.

Júlio César que teve de volta a chance de defender a titularidade, não foi tão seguro assim como eu imaginava que fosse. Soltou um cruzamento em cima da linha do gol e por pouco não deixou o atacante pifado para marcar. Todavia, no mesmo lance, participou diretamente no terceiro gol, com veloz e precisa reposição de bola.

Por fim, Felipe do Corinthians fez boas defesas na derrota contra o Botafogo. Em especial, uma de mão trocada no lado esquerdo bem alto após cobrança de falta. No segundo tempo, outra defesa a meia altura do lado esquerdo, alem de boas saídas do gol.

0 visualização0 comentário