• Fabio Ritter

O rei dos pênaltis voltou mais uma vez

André Sangali, do Caxias, e os quatro pênaltis defendidos diante do São José pelas semi-finais do primeiro turno do campeonato gaúcho haviam candidatado o goleiro ao posto de novo rei dos pênaltis, como questionou o Guarda-Metas.com na semana passada.

A final do primeiro turno, no entanto, colocou Sangalli mais uma vez na disputa de pênaltis. O goleiro adversário desta vez era Victor, do Grêmio, o Rei dos Pênaltis de 2010. O duelo prometia.

Depois de 7 cobranças, o goleiro gremista provou porque continua sendo o Rei dos Pênaltis e porque é também goleiro de seleção. Defendeu duas cobranças e ajudou seu time a vencer a disputa por 4 a 1 e a conquistar o título do primeiro turno.

Nas cobranças, Vitor mergulhou bem angulado para as cobranças cobrindo quase que todo o canto. Errou o lado em apenas uma delas. Repare que Victor ainda atiça o adversário apontando para um lado. Já a técnica de Sangali de deslocar-se lateralmente abrindo os braços desta vez não funcionou, pois além de errar os cantos, o goleiro não conseguiu chegar nos chutes mais altos ou rasteiros. Confira as cobranças abaixo:


Para finalizar, destaco também mais uma boa atuação de Ricardo Berna, na vitória do Fluminense por 3 a 1 diante do América. O goleirão também pegou um pênalti. Tá certo que ele se adiantou bastante, mas como o juiz não marcou, tá valendo. Grande fase de Berna que merece o posto de número 1 do Flu.


0 visualização0 comentário