• Fabio Ritter

São Victor ressurge

Dois pênaltis defendidos em duas partidas nos últimos dois finais de semana. Tudo bem que houve um tropeço no meio de semana, em uma goleada de 4 a 0 diante do Santos, mas as últimas rodadas trouxeram dee volta o São Victor, o pegador de pênaltis

Na semana passada, no clássico diante do Cruzeiro, o goleiro salvou a derrota ao parar pênati de William aos 47 minutos do segundo tempo. O jogo acabou 1 a 1.

Ontem foi a vez de parar Alan Patrick, do Flamengo. O jogo ainda estava 0 a 0, quando a bola foi colocada na marca fatal. Victor mexeu-se bastante antes da cobrança para distrair o batedor. Na hora do chute, caiu certo no solo no lado direito. Agarrou firme a cobrança.


Depois disso seu time imprimiu forte ritmo e saiu com a goleada de 4 a 1. A vitória, sem dúvida, passou mais uma vez pelo goleiro.

Sem dúvidas, o maior pegador de pênalti do Brasil na atualidade.

0 visualização0 comentário