• Fabio Ritter

Seção fundamentos: aquecimento

* Por Alex Oliveira, preparador de goleiros do EC São José-RS (http://twitter.com/alexgoleiros)

A melhor definição para o termo aquecimento esportivo foi dada pelo grande mestre do treinamento esportivo Jurgen Weineck: “sob o termo aquecimento pode-se entender todas as medidas que servem como preparação para o esporte (seja para o treinamento ou para a competição), o aquecimento visa a obtenção do estado ideal psíquico e físico, a preparação cinética e coordenativa e a prevenção de lesões”.

Entende-se então que o aquecimento nada mais é que uma forma de preparar o goleiro para executar de forma melhor suas atividades, tanto de treinamento quando do jogo propriamente dito.

O aquecimento pode ser dividido em duas formas: aquecimento geral e aquecimento específico. O aquecimento geral nada mais é que corridas de preparação, alongamentos e movimentos balísticos em geral preparando o corpo para a atividade que vem a seguir. Essa fase do aquecimento visa o aumento da temperatura corporal como também uma melhora nas articulações e membros antes da atividade.

Já o aquecimento específico consiste em movimentos específicos da atividade do goleiro na suas parte técnica específica. É quando os vários grupos musculares são especificamente preparados para a atividade de goleiro, quando utilizam-se os chutes, quedas e cruzamentos antes de treinos e jogos.

Os vídeos a seguir mostram dois tipos de aquecimentos utilizando formas diferentes de se atingir o estado ótimo de condicionamento para uma partida de futebol. No primeiro, um aquecimento é feito em vestiário como exemplo para dias frios, ou com chuva, ou ainda em locais onde não seja permitido o aquecimento dentro do campo de jogo, situação que muitos de nós enfrentamos quase que em todos os jogos fora de casa.


No próximo vídeo temos um exemplo de aquecimento feito em campo de jogo. Pepe Reina utiliza-se de movimentos específicos da partida de futebol para preparar-se para a partida que virá.


Em geral o aquecimento dura de 15mim até 30min, mas estes não são números fixos pois esse tempo varia conforme uma série de acontecimentos que antecedem o aquecimento, como exemplo a temperatura do dia, clima, tempo disponível para esse aquecimento, etc.

A dica final com relação ao aquecimento que dou é que se faça no seu aquecimento os movimentos que o goleiro mais se sente bem, pois só assim o goleiro estará confiante para o jogo. Quem precisa de mais chutes use os mais, quem precisa de mais cruzamentos use os mais e assim por diante.

0 visualização0 comentário