• Fabio Ritter

Seção Fundamentos: defesa lateral rasteira

* Por Alex Oliveira, preparador de goleiros do EC São José-RS (http://twitter.com/alexgoleiros)

Este fundamento deve ser executado em bolas rasteiras a distância superior ou igual a um metro com relação ao corpo. Ela consiste em um mergulho lateral do corpo em direção à bola, proporcionada pelo afastamento obliquo à frente da perna do lado da queda flexionada (foto 01),dando a impulsão, juntamente com a retirada do solo da perna contrária.



Os braços acompanham num movimento lateral, semiflexionados. O contato com o solo deve ser feito pela parte lateral da coxa fletida e pelo tronco, evitando-se assim, o choque das articulações contra o solo, como os joelhos, quadril e cotovelos (foto 02).


Para agarrar a bola em definitivo, a mão que esta do lado da defesa é colocada firmemente por trás da bola impedindo seu deslocamento, e simultaneamente, de forma menos forte por cima pressionando contra o solo. A bola deve ser apoiada em três pontos, um com a mão de recebimento do impacto da bola, o outro com a outra mão pressionando para evitar que a bola escape, e por fim o solo deve ser utilizado como terceiro apoio (foto 03), onde a bola fica firme até a chegada do corpo.


Assim que segurar a bola deverá trazê-la imediatamente na altura do abdômen, com as pernas se encolhendo como um canivete, isso para proteger o goleiro (foto 04).


Defeitos:

• Executar o mergulho muito antes da bola ter chegado ao goleiro, isso dificulta a ação defensiva quando a bola tiver sua trajetória desviada no meio do percurso até a defesa. Para evitar isso se deve trabalhar no sentido de melhorar a antecipação motora e a noção espacial do goleiro.

• Uma mão chegar à bola antes que a outra. Isso dificulta que a bola seja agarrada firmemente.

• Executar o mergulho para trás ou para o lado. Isso se deve ao fato de um afastamento lateral ou obliquo para trás, defeito este no movimento de membros inferiores.

4 visualizações0 comentário