• Fabio Ritter

Eca!

Apesar de ser muito comum em vários goleiros, não deixa de ser nojento quando vemos um deles cuspindo na palma da luva. Veja só o que fez o craque Diego Cavalieri, do Fluminense, na partida diante do São Paulo. Depois de tomar alguns goles de água, o goleiro cusppiu na palma da mão. Logo em seguida, cumprimentou o companheiro Pierre.

E você, blogoleiro, também cospe na luva? Comente!

0 visualização0 comentário