• Fabio Ritter

A gangorra do Futebol


Semana passada, fiz um post sobre o goleiro Márcio, do Atlético Goianiense, e sua atuação de luxo diante do Grêmio com direito a gols de falta e pênalti e boas defesas. Mas como se sabe, o futebol é uma gangorra. E na última quarta-feira, foi o dia do goleiro ficar na parte debaixo dela.

Com uma falha no primeiro gol, após não conseguir espalmar um chute baixo no canto direito, o goleiro ainda errou um pênalti, isolando por cima do gol. Eu realmente reitero que é complicado para os goleiros querer bater falta e pênaltis, pois sua responsabilidade que já é grande por ser goleiro, acaba ficando ainda maior. Por isso, afirmo que ou se bate faltas porque se tem o dom, como Rogérgio Ceni, ou se treina muito para ser um bom goleiro. Bater pênaltis e faltas apenas porque é moda pode sobrecarregar a responsabilidade já grande de um goleiro.

0 visualização0 comentário