• Fabio Ritter

Aproveitando a chance dada

No futebol, mais do que em uma vida profissional fora dele, as chances aparecem sempre em pequeníssimo número. Um dos motivos é a curtíssima duração da carreira de um profissional deste ramo, geralmente cerca de 15 anos. Além disso, a concorrência, ou seja oferta de outros jogadores da mesma posição, também é outro fator que faz este mercado ser tão competitivo. Por isso, aqueles atletas que aproveitam as chances dadas geralmente são os que irão protagonizar brilhantes carreiras como profissional da bola.

Falo isso, pois ontem tivemos mais um exemplo de um novo postulante a goleiro profissional de uma grande equipe profissional do Brasil. Falo de Kléver, do Fluminense, que substituiu o titular Diego Cavalieri na partida diante do Internacional. O jovem de 24 anos, apesar da derrota de 1 a 0, fez uma brilhante partida. Fez três defesas dificílimas mostrando muita habilidade no 1 vs. 1.


Na primeira delas, ainda no primeiro tempo, após uma jogada ensaiada no interior da área, a bola sobra para o colorado Fabrício que limpa a zaga e chute rasteiro no canto direito de Kléver. O goleiro ataca o adversário saindo rasante pelo chão, abrindo os braços, e acabando com o ângulo do batedor. Assim, numa baita saída pelo chão 1 vs. 1 espalma a bola para escanteio.

No segundo tempo, após um giro de Leandro Damião quase na pequena área, Kléver voa bonito no seu lado direito espalmando o chute frontal para escanteio. Bom posicionamento, velocidade de reação e movimento de queda lateral do goleiro.

Por fim, em mais uma jogada de 1 vs. 1, Kléver ataca novamente o seu adversário, saindo do gol e diminuindo o ângulo do colorado Otavinho. Repare no replay de trás do gol, que o atacante domina a bola com dificuldade. Nesse ínterim entre a bola ser dominada pelo atacante, Kléver dispara do gol e quando Otavinho tem a chance de chutar, o goleiro já está em cima dele o deixando sem ângulo.

No lance do gol, Kléver foi traído por sua zaga e não teve culpa nenhuma.

Uma baita atuação de um jovem goleiro colocado sob pressão, fora de casa, em um momento que não é dos melhores do Fluminense. Kléver mostrou estar pronto para suportar essa pressão e mostrou ter condições de brigar para ser titular do Flu no futuro. Apesar da amostra ter sido pequena, apenas um jogo, podemos dizer que o goleirão Kléver soube pegar o trem que estava passando e aproveitou a chance dada.

0 visualização0 comentário
logo_bola.png