• Fabio Ritter

Concordo parcialmente


Ainda não dá para saber se a decisão de não chamar Júlio César e Gomes, dois goleirassos e aptos a jogar 2014, serve para dar chance a outros goleiros ou se realmente eles estão fora dos planos de Mano. Caso a segunda opção fosse verdadeira, para mim seria um erro. Júlio chegará a próxima copa com 34 anos, uma idade nada avançada para um goleiro. Gomes chegaria com 33 e o mesmo se aplicaria a ele.

Considerando a opção na qual Mano daria chance a novos goleiros, tenho que dizer que concordo parcialmente. Sobre Victor, acho que ele se credenciou a um posto na seleção, pelos últimos campeonatos que fez. Acho ainda que deveria estar na lista de Dunga para a Copa. Mesmo assim, terá chances de mostrar seu futebol, apesar da má fase em 2010.

Agora, a escolha de Jefferson é bem diferente do que eu escolheria. Jefferson é, sem dúvida, um bom goleiro. No entanto, acho que no caminho à seleção há outros na sua frente, mesmo em território nacional. E ele é Fábio, do Cruzeiro. Fábio chegaria com 34 anos a Copa e poderia sim estar no elenco. O goleiro já participou de seleções de base, já chegou a final de Copa Libertadores, ou seja, é bastante experiente. Fora isso, sua qualidade técnica é maior do que a de Jefferson.

Fora do Brasil, também há bons goleiros e melhores que Jefferson. Diego Alves é um deles. O goleiro é muito bem visto na Espanha, onde joga pelo Ameria. Já foi sondado por grandes clubes como Barcelona e Real Madrid. Não vejo porque não lhe dar uma chance.

Sobre Renan, ainda é muito difícil fazer uma avaliação do goleiro pelo pouco número de jogos disputados. Obviamente, Mano o levou já que ele tem idade olímpica. Como não há outro goleiro com idade e que esteja jogando na primeira divisão, Mano resolveu levá-lo.


0 visualização0 comentário