• Fabio Ritter

Defesa Stand da Semana 11

A edição 11 da Defesa Stand da Semana traz só feras. Começamos no clássico entre Santos e Palmeiras, na Vila Belmiro. Lá, o goleiro alvi-verde Bruno fez uma bela partida salvando diversas vezes seu time. Em uma jogada ainda no primeiro tempo, o zagueiro santista Edu Dracena pegou um sem-pulo que quase surpreendeu o goleiro. Bruno, no entanto, mostrou grande elasticidade se espichando todo e desviando com a mão de canto. A bola ainda pegou na trave antes de sair.

Ainda em São Paulo, Rogério Ceni, do São Paulo, salvou seu time ao defender um chute derradeiro. No final da partida, Ceni mostrou grande velocidade de reação ao parar chute cara a cara do atacante do Penapolense.

Em Caxias do Sul, o também veterano Dida, do Grêmio, mostrou que ainda está com os reflexos em dia. Após um chute forte da entrada da área, o goleiro foi buscar a bola no pé da trave em dois tempos. A dificuldade maior ficou pelo desvio no meio do caminho que exigiu velocidade de reação do goleiro.

Velocidade de reação quem também teve foi Fábio, do Cruzeiro. O excelente goleiro celeste espalmou uma cabeçada frontal mostrando também senso de posicionamento e elasticidade.

Veja as defesas indicadas abaixo e vote no menu ao lado.


0 visualização0 comentário
logo_bola.png