• Fabio Ritter

Defesa Stand da Semana 32

A edição 32 da Defesa Stand da Semana começa com uma jogada destacada anteriormente aqui no Guarda-Metas. Trata-se da defesa do goleiro do Racing, De Oliveira, pela Copa Bridgestone Sulamericana. No melhor estilo Gordon Banks, o goleiro foi buscar no pé da trave a cabeçada do atacante do Colón evitando um placar mais elástico na derrota de 3 a 1. Grande velocidade de reação e agilidade do goleiro, que foi pego no contrapé.

A segunda defesa também ocorreu após cabeçada frontal. O autor foi o goleiro Rafael Cabral, do Santos, no clássico diante do Palmeiras. O goleiro, que ficou de fora das Olimpíadas no último minuto, ajudou a garantir a vitória de 2 a 1 para seu Santos após mostrar muito reflexo.

Em Campinas, ainda no Sábado, nosso eterno ídolo Dida fez mais uma bela intervenção na partida diante da Portuguesa. Após um chute forte no ângulo, o goleiro voou bonito para espalmar com a mão de canto. Repare como o goleiro se espicha todo usando toda a sua envergadura.

Por fim, a defesa de um dos goleiros revelação do primeiro turno do campeonato. Gideão, do Náutico, começou o campeonato no banco de Felipe, emprestado do Santos. Depois de algumas rodadas assumiu a titularidade e de lá não saiu. Com diversas defesas indicadas à Defesa Stand da Semana, Gideão aparece mais uma vez com uma bela sequência de duas defesas no clássico diante do Sport. Grande velocidade de reação, agilidade e recuperação do goleiro.

Esta semana está difícil, hein? Então veja atentamente as defesas indicadas abaixo e vote no menu ao lado.


0 visualização0 comentário