• Fabio Ritter

Defesa Stand da Semana 40

A edição 40 da Defesa Stand da Semana traz lances técnicos. Separei duas defesas nas quais os nossos goleiros realizaram um movimento técnico, com defesa firme, sem dar rebote.

A primeira destas é de Bruno, do Palmeiras. Em partida diante do Cruzeiro, o goleiro foi pego no contrapé em um lance 1 vs. 1. No entanto, reagiu muito bem e mergulhou para seu lado direito rasteiro no solo pegando firme a bola sem dar rebote.

A outra defesa neste estilo foi do veterano Rogério Ceni. Contra o Flamengo, ele defendeu uma bomba da entrada da área, sem dar rebote. Uma defesa muito difícil pela distância da bola e pela velocidade da mesma. Grande amostra que se pode tentar jogar buscando firmeza ao invés de se espalmar a todo custo.

As outras duas defesas são com a ponta dos dedos. No jogasso entre Atlético Mineiro e Fluminense, o goleiro tricolor Diego Cavalieri defendeu uma conclusão a queima roupa espichando-se todo no alto e tirando com a mão de canto.

Em Campinas, Rafael Cabral também com a ponta dos dedos espalmou de mão trocada chute do atacante da Ponte Preta. Mostrou impulsão e elasticidade.

Veja as defesas indicadas abaixo e vote no menu ao lado.


0 visualização0 comentário
logo_bola.png