• Fabio Ritter

Defesa Stand da Semana 43

Foi só milagre na edição 43 da Defesa Stand da Semana. A rodada que consagrou o Fluminense como campeão Brasileiro teve quatro grandes defesas destacadas aqui no GM.

A primeira delas ocorreu em Recife, onde o Flamengo bateu o Náutico por 1 a 0. O jovem Paulo Victor fez mais uma bela defesa após uma cabeçada a queima roupa. Mostrou muita velocidade de reação e espalmou para o lado a conclusão.

No Rio, Fernando Prass, do Vasco, também fez uma defesa espetacular diante do Atlético Mineiro. Depois de uma cabeçada da marca do pênalti, o goleiro deslocou-se com agilidade para o lado esquerdo e voou no ângulo esquerdo dando um tapa com a mão esquerda para a linha de fundo. Baita defesa.

A terceira defesa também surgiu após cabeçada frontal. Foi do veterano Rogério Ceni que parou o atacante gremista Marcelo Moreno após uma conclusão no interior da pequena área. Grande velocidade de reação do goleiro.

Por fim, Muriel, do Internacional, que faz grande campeonato, parou o atacante da Ponte Preta primeiramente com os pés, após chute frontal, e na sequência, após cabeçada, voou bonito no contrapé para espalmar a conclusão.

Veja as defesas indicadas abaixo e vote no menu ao lado.


0 visualização0 comentário
logo_bola.png