• Fabio Ritter

Edmundo de goleiro?

Sim. Pelo menos nos quinze minutos finais da partida entre Vasco e Cruzeiro, realizada ontem em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro. Depois da expulsão do titular Fábio, Edmundo resolveu atacar de goleiro, já que o treinador Tita já havia feito as três substituições.

Edmundo não foi muito exigido é verdade. Não chegou a se atirar no pênalti cobrado por Guilherme. Bateu roupa numa saída de gol. Ao final da partida defendeu bem uma cabeçada e tentou sair rápido em uma quebrada que não deu muito certo. No fim, mostrando muita emoção, o atacante vascaíno saiu chorando de campo.


0 visualização0 comentário