• Fabio Ritter

Entrevista exclusiva: Mauro Machado


O Palmeiras entra em campo, nesta quarta, pela partida de volta da fase preliminar da Libertadores, diante do Real Potosí. A equipe boliviana conta com a presença do goleiro brasileiro Mauro Machado que, mesmo com o dedo mínimo machucado, espera fechar o gol diante da equipe brasileira. Ele inclusive preparou uma luva com 4 dedos para armar uma proteção em sua mão.

Em entrevista exclusiva ao Blog Guarda-Metas, Machado nos traz curiosidades de sua experiência pelos andes.

Blog Guarda-Metas: Até chegar ao Real Potosí, qual foi tua trajetória? Mauro Machado: 2009 – Real Potosi 2007/2008 – La Paz FC 2006/2 – Bangu AC 2006/1 – Ulbra 2001/2005 – Club Bolivar 1999/2000 – Mcal Braun 1997/1998 – GE Torrense

BGM: Como é jogar na altitude? MM: Particularmente, eu gosto de jogar na altitude, também já faz tantos anos que jogo nesta condição que me acostumei. Aqui a bola vem muito mais rápida que o normal, também não faz curva, como no nível do mar, ela vem forte e reta. Na saída de gol também é complicado, por que ela vem muito forte, quando vê já ta na área pequena. Geralmente quando jogo no nível do mar, acabo perdendo o tempo de bola nas saídas, por que estamos com um tempo diferente do de lá, a bola vem mais lenta e em curva e isso nos prejudica um pouco, também nos chutes de meia e larga distancia a bola se move muito, mesmo assim acho que deve ser pior pra quem vem de lá pra cá, do que daqui da altitude pro nível do mar.

BGM: O que a altitude te fez crescer como goleiro? MM: A altitude me ajudou a ter uma boa reação e muito reflexo. Também acabei melhorando muito nas reações de mão de canto (do mesmo lado) e mão trocada, por que a bola vem tão rápido que a gente não tem tempo de fazer a reação com os dois braços, trabalhei tanto isso q defender com um a só mão já sai ao instinto.

BGM: Qual jogador do Palmeiras representa maior perigo? MM: Acho que muitos jogadores do Palmeiras representam perigo, as vezes nos ocupamos de um e acaba aparecendo outro, então o principal é estar atento a todo o conjunto, que também é muito bom. São fortes na bola aérea, toque de bola, chutes de meia e larga distância, sem falar na bola parada. A atenção é fundamental para conseguir um bom resultado com um adversário desse nível.

BGM: Com qual luva tu jogas? MM: Atualmente sou patrocinado pela POKER, do Brasil. Já tive a felicidade de também ser patrocinado pela Uhlsport e pela Reusch, mas acho a POKER melhor!

0 visualização0 comentário