• Fabio Ritter

Erro duplo


Não apenas por sofrer o gol em uma bola extremamente defensável, mas também por armar mal a barreira, o goleiro Guilherme, do Atlético Paranaense, falhou feio na partida contra o Corinthians, ontem pelo Brasileirão.

Ao armar a barreira, o goleiro acabou a colocando muito para dentro do gol, o que deixou o lado esquerdo aberto. Prova disso, como pode ser visto no vídeo, é que a bola acaba entrando a um metro do poste esquerdo. Ali deveria ter prevalecido a precaução de colocar um homem de folga para cobrir o chute aberto por fora da barreira. Sempre se coloca no poste para armar a barreira. Visualiza-se o ângulo da bola e deixa-se um homem de folga para evitar ser surpreendido por chutes com efeitos por fora da barreira.

Na queda, o principal problema foi ter caído antes. Assim o goleiro acaba ficando com pouca base para abafar a bola, ou espalmá-la para o lado. Nota-se no vídeo que quando a bola chega ele já está quase todo mergulhado no chão. Deveria ter esperado um pouco mais para fazer a queda.

0 visualização0 comentário