• Fabio Ritter

‘Flat kick’, o nosso diferencial

Uma de minhas técnicas que mais chamou atenção aqui nos gramados ingleses foi a nossa diferenciada quebrada, chamada pelos gringos de ‘flat kick‘, ou chute plano. Aqui os goleiros ainda são da escola antiga com o balão alto.

No entanto, o goleiro do Liverpool, Pepe Reina, está mudando este cenário com a introdução da quebrada. Na última terça-feira assisti a um jogo dos reservas do Liverpool, espécie de Aspirantes daqui, e pude ver que o goleiro deste time, Peter Gulacsi, húngaro de 19 anos, já utiliza a técnica do chute rasante.


Com a vantagem de chegar mais rápido ao ataque a quebrada, quando bem executada, também facilita o domínio do companheiro de time. Para chegar a este nível, o goleiro tem de treinar diariamente esta técnica, de preferência no final do treinamento, com a perna bem cansada já.

Uma dica é começar à distâncias curtas para se pegar a técnica. Depois pode-se ir aumentando a distância para se acostumar com a situação real de jogo. O mais importante é perceber que não se trata de força e sim de jeito. Pegar na bola com a perna de apoio inclinada, mão contrária a do pé segurando a bola e apontando para o alvo e pegar no centro do pé para fora.

Seguindo estas dicas e treinando bastante, grande melhorias poderão ser vistas nas partidas. Teus atacantes agradecerão.

0 visualização0 comentário