• Fabio Ritter

Marcos e o Youtube


O autor compara a atitude de Marcos às do goleiro Foster, do Manchester United, que usou o iPod na Final da Copa da Liga Inglesa, e Marco Amélia, do Palermo, que defendeu uma cobrança de Ronaldinho, lembrando-se do Playstation.

Atualmente, com os diversos recursos tecnológicos que os profissionais dispõe torna-se obrigação saber como o batedor oficial do adversário costuma bater seus pênaltis. Os segundos e terceiros batedores também são desejáveis conhecer seu estilo. Essa informação pode valer a vitória em um campeonato tão disputado como as ligas profissionais da atualidade.

Veja o artigo na íntegra em: http://www.universidadedofutebol.com.br/2009/08/3,10931,MARCOS+E+O+PENALTY+DO+YOUTUBE++AVANCO+OU+FALTA+DELE.aspx?utm_source=EasyMailing&utm_medium=e-mail&utm_term=MarcoseopenaltynoYoutube%3Aainformacaocomodiferencialcompetitivo&utm_content=MarcoseopenaltynoYoutube%3Aainformacaocomodiferencialcompetitivo&utm_campaign=Padr%E3o

0 visualização0 comentário