• Fabio Ritter

Novos nomes

Nesta rodada do Brasileirão confirmou-se o que há poucos meses se pode perceber no mercado de goleiros brasileiros. Renan, que assumiu a titularidade do Inter, e Felipe, que assumiu a titularidade do Corinthians, são nomes que surgem da nova geração e que tiveram boas atuações neste final de semana.

O primeiro não conseguiu evitar a derrota do seu time, mas pegou muito em toda a partida. No segundo tempo, fez bela defesa de mão trocada no ângulo esquerdo após cabeçada do interior da grande área. Também em outra cabeçada fez a defesa mais difícil do jogo espalmando bola alta no lado esquerdo com a mão de canto. Por fim, uma bela defesa de mão direita no canto direito rasteiro após chute cara a cara com Alex Mineiro. Além de outras grandes intervenções e belíssimas saídas de gol. Nos gols sofridos não teve culpa. O primeiro, inclusive, teve alguns detalhes especiais. O gol foi contra do zagueiro Titi e pareceu que no lance Renan não gritou que a bola era sua e o zagueiro acabou dando de carrinho para trás encobrindo o goleiro. Mas é claro que após a revolta do goleiro, certamente ele deve ter gritado que era sua. Ao menos deveria.


Felipe, atual titular do Corinthians, tem uma história particular. Começou a carreira no Vitória da Bahia, participando inclusive da seleção sub-17, em 2001. Fez grande atuação no campeonato e prometia ser titular por muitos anos. Jogou a Série B em 2005, mas teve alguns problemas com a diretoria e saiu do clube. Jogou o Paulista desse ano pelo Bragantino e se destacou muito, sendo contratado pelo Corinthians. Na partida de hoje contra o Cruzeiro, deu belas saídas do gol, destacando-se uma no primeiro tempo na qual o atacante fez falta nele o empurrando, mas o juiz não marcou. Mesmo assim ele conseguiu dar um soco com a mão direita e espantar a bola. Sensacional.

Por fim, no jogo entre Grêmio e Fluminense, Fernando Henrique, tão criticado pela imprensa, salvou seu time de levar mais. Fez bela defesa em chute cruzado de Carlos Eduardo no primeiro tempo, espalmando forte para a esquerda. No segundo tempo, em um chute de Tuta, de muito perto, ele tirou com o pé para escanteio. Marcelo Grohe, goleiro do Grêmio também fez bela defesa no primeiro tempo, em chute cruzado na direita rasteiro, no qual ele espalmou com a mão de canto para escanteio.

0 visualização0 comentário