• Fabio Ritter

O Melhor do Mundo tem que ser Neuer


1005175646-manuel-neuer-k8Cwy9LmKAb0jOgDef

Que Cristiano Ronaldo e Messi são os melhores jogadores do mundo ninguém duvida. Prova é que a dupla se reveza na conquista da Bola de Ouro da Fifa desde 2008. O ano de 2014 teve uma novidade neste prêmio que foi a inclusão de um goleiro. O melhor do mundo na posição, o alemão Manuel Neuer, fez parte da lista dos três finalistas. O fato não ocorria desde 2002, quando o também alemão Oliver Kahn foi indicado ao prêmio.

Neuer revolucionou a posição de goleiro. Tornou-se de fato o 11º jogador do seu time, incluindo o goleiro como parte do esquema tático. Saiu da grande área, marcando presença na sua intermediária defensiva. Consolidou o jogo com os pés, tão presente no futebol europeu, mas ainda pouco difundido no Brasil, salvos raros exemplos, como Rogério Ceni, Danilo e outros poucos.

Debaixo dos postes, foi um monstro. Craque na arte de aguentar até o último milésimo de segundo antes de cair. Elástico como um ginasta, ao abrir o compasso na frente dos atacantes e fechar o gol. Tudo isso embalado em 1,93m de altura que o tornam um gigante de fato no gol.

Sabemos que CR7 e Messi são gênios. No entanto, como a Bola de Ouro premia o melhor jogador da temporada, este prêmio tem de ser de Neuer. Neste ano, ninguém foi mais importante que o goleiro campeão do mundo. A Bola de Ouro, apresentada hoje a tarde, tem de virar Luva de Ouro!

0 visualização0 comentário