• Fabio Ritter

Ponto Cego


Assim como em um automóvel, onde existe um ponto no qual não conseguimos enxergar o automóvel ao lado nem pelo retrovisor, nem pelo canto do olho, na posição de goleiro também temos um ponto parecido. Trata-se da bola rasteira entre o centro do gol e a lateral. É aquela bola que não sabemos se fizemos a entrada frontal ou a queda lateral.

Pois bem, na partida de agora a pouco entre Manchester City e Liverpool, válida pelo Campeonato Inglês, o primeiro gol dos azuis aconteceu após um lance destes. O atacante argentino Sérgio Aguero arriscou de fora da área e pegou um chute forte que caiu em cima do goleiro Pepe Reina. A bola foi justamente em um ponto onde o goleiro acabou chegando atrasado com os braços na queda lateral. Para a entrada, no entanto, a escolha poderia ter sido errada por se tratar de um chute mais angulado. Assim, a bola passou por baixo dos braços do goleirão. Confira o lance, clicando aqui.


É verdade que a bola caiu de repente, enganando o goleiro. Mas não podemos deixar de afirmar que se tratou de uma falha. O ideal aqui teria sido mais um pequeno passo ao lado para tentar a entrada frontal. Ou então, economizar um passo para aí sim mergulhar na bola lateralmente. Faltou a Reina também um pouco de explosão na queda, já que a fez em um movimento lento.

De qualquer forma, este chute vale como modelo para o blogoleiro se preparar nas próximas partidas. O tempo de bola, o deslocamento correto e a execução da técnica, seja ela entrada ou queda, devem todos obedecer etapas. Logicamente, que tudo isso acaba acontecendo em um movimento único. No entanto, suprimir algumas dessas etapas pode resultar em erros como este de Reina.

1 visualização0 comentário