• Fabio Ritter

Preocupante

Júlio César voltou a falhar. Depois de errar na partida de ida das oitavas de final da UEFA Champions League, diante do Bayern Munique, Júlio errou novamente na partida de volta, ontem na Alemanha. Para sua sorte, a Inter acabou vencendo por 3 a 2 e se classificando. Vale frisar que Júlio ainda conseguiu fazer outras boas intervenções na partida ajudando a sua equipe a se classificar.

No primeiro gol sofrido, o de empate em 1, Júlio errou na escolha do movimento. Repare no vídeo abaixo que a bola veio na altura do peito do goleiro. Assim, o fundamento correto seria uma firmeza simples com a palma da mão, ainda possível de se executar em dois tempos.

Júlio, no entanto, optou pela entrada e, assim, a bola acabou batendo direto no seu peito e rebotando para frente. Não é aconselhado essa técnica quando a bola vai na altura do peito. Isso porque não se consegue fazer a “cama” com a bola tão no alto, o que impede um melhor amortecimento da bola, já que os braços não conseguem encaixar atrás dela.

Com o erro, já são duas falhas na sequência em partidas importantes na carreira de Júlio. Esse fato começa a nos preocupar, pois JC sempre mostrou muita regularidade, inclusive no gol do Brasil. Esperamos que ele possa passar por cima dessa má fase. Caso contrário, Mano terá de rever suas escolhas.


Adendo: Júlio concedeu entrevista ao site oficial da Inter comentando sobre o jogo.

– Sobre o primeiro gol – Foi um erro horrível. Quando vi a bola entrar no gol, me deu vontade de desaparecer, de voltar para Milão – a pé, de cavalo, ou o que fosse – mas então dei a volta por cima. O gol foi como uma ducha de água fria, mas graças aos meus companheiros nós conseguimos nos recuperar na partida. Eu realmente devo parabenizá-los. Não adianta, a gente acaba aprendendo com nossos erros. Hoje (ontem), eu fiz uma lambança maior do que na primeira partida, mas graças a Deus estamos aqui falando da vitória. Depois de tudo, resolvi arregaçar as mangas e voltar ao trabalho.

– Qual foi a sua defesa mais difícil – Talvez aquela do Ribery

– O que você fez quando o Pandev marcou o gol? – Eu comecei a chorar, agradeci a Deus e aos meus companheiros. Eu ficaria muito mal se nós perdêssemos, mas essas são coisas que te deixam mais maduro. Espero que esse seja o final dos meus erros.

0 visualização0 comentário