• Fabio Ritter

Que sacanagem!

No jogo entre Sport Recife e Palmeiras dois gols mereceram destaque pela forma como aconteceram. Em ambos os goleiros foram traídos pela sua defesa.

No gol sofrido por Magrão, do Sport, a zaga abriu a barreira formada para cobrança de Martinez. Assim, a bola passou por baixo e acabou enganando o goleiro. É tão simples, apenas ficar na ponta do pé e nunca abrir. Mas a barreira as vezes não entende e acaba abrindo. Foi o que aconteceu ontem.

No segundo gol do Sport, marcado por Da Silva, Diego Cavalieri fez grande defesa no pênalti. Porém, no rebote, ninguém acreditou e a bola ficou livre para Da Silva empatar a partida. A zaga tinha que ser mais rápida para tentar bloquear o chute do atacante.

As vezes não basta o goleiro pegar tudo, a zaga também tem que ajudar.

0 visualização0 comentário