• Fabio Ritter

Rafael Cabral se salvou

Se o domingo, 18 de dezembro de 2011, foi trágico para o Santos e toda a sua torcida após a acachapante goleada de 4 a 0 contra o Barcelona, para o goleiro Rafael Cabral a história foi um pouco diferente. Logicamente que nenhum goleiro pode ser muito destacado após levar quatro gols. Mas ontem foi uma exceção.

Diante do poderosíssimo Barcelona, o jovem Rafael esteve confiante e seguro. Não teve culpa em nenhum dos gols sofridos e ainda salvou o seu Santos de uma goleada maior. Reveja os principais lances abaixo.

Destaco ao menos duas defesas dificílimas. Logo no início da segunda etapa, antes mesmo de completar um minuto, Rafael buscou no pé da trave um chute no contra-pé. Muita agilidade e impulsão na jogada.

Mais tarde, quando a goleada já estava consumada, ele ainda salvou seu time em uma jogada 1 vs. 1 diante do craque Messi. Fechou bem o ângulo no melhor estilo futsal.

Em um dia que nada parece ter dado certo para o Santos, ao menos seu goleiro mostrou que é uma peça fundamental na equipe. Rafael mostrou que é sim um grande goleiro e que tem tudo para defender o Brasil nas Olimpíadas em 2012.

0 visualização0 comentário