top of page
  • Foto do escritorFabio Ritter

Sorte do Galo?

Para minha surpresa, ao ler uma matéria no site Globoesporte.com descobri que o goleiro do Casablanca, Kalid Askri, rival do Atlético Mineiro na partida semi-final do Mundial de Clubes amanhã, é o autor de uma das maiores façanhas da posição. Para sorte do time brasileiro, a façanha não é algo de que Askri deva se orgulhar. Veja abaixo porque.


O lance é um dos mais engraçados que já vi acontecer com goleiros. Nosso amigo estava lá cheio da marra e a bola foi morrer no fundo do gol sem ele perceber. A marra saiu caro. Isso ocorreu em 2010 quando ele jogava pelo FAR Rabat.

Tomara que amanhã ele tem essa mesma “sorte” diante do Galo e ajude o time brasileiro a se classificar para a final!

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page